Grupo vai investir R$ 160 mi na agricultura

O Grupo Fazendas Reunidas JCN, com sede no interior de São Paulo, deverá investir R$ 160 milhões em 10 anos, em uma propriedade de 80 mil hectares localizada a 130 km do município de Paranatinga (373 km a Nordeste de Cuiabá), na região conhecida como Salto da Alegria, no km 89 da MT-130. O projeto, que inclui a construção de armazéns, silos, preparo e correção do solo, infra-estrutura nos parques industrial e de máquinas, foi apresentado na manhã de ontem ao governador Blairo Maggi pelo presidente do grupo, José Corso Neto. Na visita de cortesia ao governador, Corso Neto aproveitou para pedir o apoio do governo na implantação de infra-estrutura em energia e estradas.

O grupo, cuja sede fica em São João da Boa Vista (SP) vai plantar inicialmente 40 mil hectares da área total. Está previsto o plantio de soja, algodão e arroz. Até se definir pela área na região de Paranatinga, o empresário percorreu os estados do Maranhão e Piauí. “Viemos para o Mato Grosso atraídos pela fama do Estado. O potencial de crescimento no agronegócio é fantástico. O regime de chuvas apropriado à produção também influiu na escolha da região”, disse José Corso Neto que veio acompanhado de seus procuradores Antonio Antoniolli (São Paulo) e Hélio Parente (Mato Grosso).

Corso Neto ficou satisfeito em saber dos esforços do governo em melhorar a infra-estrutura no Estado, principalmente em relação às estradas. Ele quis saber detalhes sobre os consórcios feitos entre o governo do Estado, produtores e prefeituras para asfaltar as estradas estaduais. Uma das rodovias que está sendo asfaltada é justamente a MT-130 que liga Primavera do Leste a Paranatinga. A economia da região terá um grande impulso a partir da conclusão da obra prevista para o fim do ano. Somente Paranatinga tem cerca de um milhão de hectares disponíveis para o plantio de soja. A MT-130 é considerada fundamental para o escoamento da produção da região até o terminal da Ferronorte, em Alto Araguaia.

PRODUÇÃO – Na última safra, o Grupo Fazendas Reunidas JCN produziu em São Paulo oito mil sacas de café, 200 mil caixas de laranja (40 kg cada) e 600 mil toneladas de cana-de-açúcar. Em Mato Grosso do Sul o grupo também tem investimentos. Em Chapadão do sul estão localizadas a Fazenda Catléia e a Algodoeira Catléia. Em Costa Rica o grupo possui a Fazenda São Paulo. Há 24 anos no Estado, a produção atual de algodão e soja ocupa 15 mil hectares. Na última safra foram produzidos em Mato Grosso do sul 12 mil toneladas de pluma de algodão (2 milhões de arrobas de caroço de algodão), 350 mil sacas de soja, 180 mil sacas de milho e 150 mil sacas de sorgo.

Fonte: Diario de Cuiabá

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *